RÁDIO AO VIVO
Programa
MEU MUNDO PET
Ouça tambem:

Pressionada pela alta da energia elétrica, inflação de maio atinge a maior taxa para o mês desde 1996

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP

A inflação acelerou em maio e subiu 0,83% em relação a abril, segundo dados divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira.

Foi a maior alta do IPCA para o mês desde 1996 - 25 anos, portanto.

Com isso, o índice acumula alta de 3,22% no ano e de 8,06% nos últimos 12 meses, valor que supera o teto da meta estabelecida pelo governo para este ano.

A meta de inflação do Banco Central é de 3,75%, podendo variar entre 2,25% e 5,25%.

No quinto mês do ano, todos os 9 grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE apresentaram alta, com destaque, segundo o gerente da pesquisa do IPCA, Pedro Kislanov, para o grupo Habitação, que avançou 1,78%.

O segundo maior impacto no índice do mês veio dos transportes, grupo pressionado pela alta dos preços dos combustíveis.

As variações nos grupos Saúde e cuidados pessoais e Alimentação e Bebidas também influenciaram bastante: A carne, citada por Pedro Kislanov, é um dos itens que mais vem encarecendo a conta do supermercado.

Em 12 meses, a alta acumulada já chega a 38% no país.

Agência Radio 2

Deixe seu comentário


+ ECONOMIA








+ Brasil