RÁDIO AO VIVO
Programa
ARQUIVO E NOTÍCIA
Ouça tambem:

Preços do algodão e do arroz seguem firmes, enquanto embarques de carne de boi batem recorde

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP
segunda, 10/05/2021 as 10:01
Foto: Reprodução

Apesar de uma pequena queda, nos últimos dias, o preço do arroz continua firme. Dados do Cepea apontam que a saca do grão em casca é cotada entre 86 e 87 reais, no Rio Grande do Sul. No geral, continua um cenário de demanda aquecida e no qual há uma queda de braço entre compradores e vendedores. Muito parecido com o que aconteceu ao longo do mês de abril, quando as exportações também baixaram a oferta, no mercado interno, e a média de preço foi de 87 reais, um por cento maior que a de março.

No mercado do algodão, as cotações continuam em alta. Os valores, na verdade, sobem e descem de um dia para o outro, mas mostraram, neste começo de maio, uma tendência de avanço, com a libra-peso vendida em torno de cinco reais e 20 centavos. Em meados de abril, ela custava quatro e 85. O aumento acontece mesmo com uma demanda externa não tão forte. Isso porque a interna está aquecida, possivelmente por conta da flexibilização das medidas de isolamento social, sem falar que um bom volume de algodão da safra 21 já foi vendido e a oferta começa a cair.

E as exportações brasileiras de carne de boi ganharam força, em abril, apontam dados do Governo. O volume total, de 125 mil toneladas, foi oito por cento maior que o registrado no mesmo período do ano passado e bateu um novo recorde, para o mês. Esse aumento dos embarques ajudou a segurar as cotações num patamar elevado, nas últimas semanas, mesmo com queda em algumas praças. A Scot Consultoria apurou que a arroba do boi gordo é cotada, por exemplo, a 301 reais em SP, entre cinco e 11 reais a mais que no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul.

Agência Radio 2

Deixe seu comentário


+ Brasil