RÁDIO AO VIVO
Programa
PROGRAMAÇÃO MUSICAL COM NOTÍCIAS
Ouça tambem:

País perdeu quase 10 milhões de empreendedores em 2020

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP
Foto: Reprodução

Brasil cai da posição de número quatro para a de número sete no ranking global de empreendedorismo, divulgado pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade.

 

De acordo com a pesquisa referente a 2020, a taxa ficou em 31,6%, o menor patamar dos últimos oito anos.

 

Na comparação com 2019, a queda foi de 18,33% e representa uma perda de quase 10 milhões de empreendedores preparados, que abandonaram seus negócios.

 

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, diz que com a pandemia de coronavírus houve uma redução nunca vista antes, que afetou principalmente quem estava há mais tempo no ramo.

 

Por outro lado, a crise fez com que as pessoas passassem a empreender para sobreviver por meio do pequeno negócio, mesmo sem a experiência necessária.

 

Os dados referentes ao ano passado mostram que a quantidade de empreendedores iniciais passou de 37,5% para 50,4%.

 

No entanto, o ranking do empreendedorismo considera apenas quem já atua no mercado há, pelo menos, três anos e meio.

 

O levantamento entrevistou 140 mil pessoas, em 46 países, das quais duas mil eram do Brasil.

Deixe seu comentário


+ ECONOMIA








+ Brasil