RÁDIO AO VIVO
Programa
PROGRAMAÇÃO MUSICAL COM NOTÍCIAS
Ouça tambem:

INSS deverá cumprir prazo máximo de 90 dias para conceder benefícios; menor tempo é de um mês

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP
Foto: Reprodução Agência Brasil

Futuros segurados da Previdência não terão de esperar tanto tempo nas homéricas filas do INSS para conseguir benefícios.

Começou a valer no dia 10 de junho, a nova tabela de prazos para autorização dos processos de assistência ao idoso e à pessoa com deficiência, aposentadorias, salário maternidade, pensões e auxílios.

As novas datas resultam de acordo com o Ministério Público Federal e a Defensoria Pública da União.

Fique atento ao período máximo de espera para cada benefício:

90 dias para benefício assistencial à pessoa com deficiência ou idosos e aposentadoria convencional; 45 dias para aposentadoria por invalidez comum ou acidentária; 60 dias para pensão por morte; e 30 dias para salário maternidade.

Caso os prazos não sejam cumpridos, serão devidos juros de mora ao segurado, e o processo irá para o Central Unificada para o Cumprimento Emergencial, com prazo de 10 dias para conclusão.

Deixe seu comentário


+ SOCIAL








+ Brasil