RÁDIO AO VIVO
Programa
PROGRAMAÇÃO MUSICAL
Ouça tambem:

Fome chega ao campo e atinge 12% das moradias rurais; produtores fazem ações para conter o desperdício

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP
Foto: Reprodução

O triste rastro da fome não está longe nem mesmo de quem produz alimentos.

A fome atingiu 12% dos domicílios rurais neste ano, acima dos 8,5% da área urbana, segundo dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional – Rede Penssan.

Os números são ainda mais alarmantes num estudo da Universidade de Berlim em parceria com duas instituições de ensino superior de Minas e Brasília: são 27% das casas no campo atingidas pela insegurança alimentar.

Iniciativas de pequenos produtores lançam soluções como a aproximação de cooperativas aos grupos rurais para garantir o escoamento da produção .

Também entra nessa rede do bem, entidades sociais e organizações não governamentais (ONGs), que se beneficiam do excesso, muitas vezes, desperdiçado.

No ano passado, o projeto #FaçaUmBemINCRIVEL, criado por uma pequena produtora da Região Metropolitana de São Paulo, distribuiu 160 toneladas de alimentos.

E auxiliou 80 produtores rurais a se conectar com as pontas: bancos de alimentos, orfanatos e cozinhas solidárias.

Neste ano, já foram entregues 200 toneladas de produtos.

Dados da Organização das Nações Unidas apontam o Brasil na décima posição no ranking de nações que mais desperdiçam alimentos.

As informações são da Folha de São Paulo.

Deixe seu comentário


+ ECONOMIA








+ Brasil