RÁDIO AO VIVO
Programa
PROGRAMAÇÃO MUSICAL COM NOTÍCIAS
Ouça tambem:

Consumidores de baixa renda não terão o fornecimento de energia cortado por inadimplência até setembro

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP
Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, decidiu prorrogar por mais três meses a proibição de corte de energia por inadimplência para os consumidores de baixa renda.

A medida, que terminaria em 30 de junho, segue em vigor, portanto, até 30 de setembro para os consumidores da tarifa social de energia elétrica.

Segundo a Agência, são aproximadamente 12 milhões de famílias brasileiras contempladas

Para Hélvio Guerra, diretor da Aneel, é importante reconhecer que a pandemia afeta de forma mais intensa a parcela mais vulnerável da população, para a qual a fatura de energia representa proporção mais significativa do orçamento familiar.

Vale ressaltar que os consumidores não estão isentos do pagamento da tarifa pelo serviço de energia elétrica.

A decisão da Aneel garante apenas que não tenham o fornecimento de energia interrompido, caso atrasem o pagamento da conta

Deixe seu comentário


+ ECONOMIA








+ Brasil