RÁDIO AO VIVO
Programa
MEU MUNDO PET
Ouça tambem:

Cidades do Vale começam vacinação contra Covid-19 em nova faixa etária nesta segunda-feira (7)

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP
Foto: Reprodução Prefeitura de São José dos Campos - Adenir Britto

A partir da segunda-feira (7) novos grupos e faixa etária serão imunizadas contra a Covid-19. Em São José dos Campos a imunização será para pessoas de 18 anos ou mais com comorbidades ou com deficiência permanente cadastradas no BPC (Benefício de Prestação Continuada). A vacinação será realizada nas Casas do Idoso e em qualquer UBS Resolve.

Jacareí, por meio da Secretaria de Saúde, irá vacinar a população com comorbidades, que tenha mais de 30 anos de idade (completos ou a se completar até o final deste mês, ou seja, todos os nascidos até 30 de junho de 1991). Este público será vacinado em sete pontos da cidade: EducaMais Jacareí, EducaMais Esperança, EducaMais Paraíso, UBS Central, UMSF do Parque Meia-Lua, EMEI Afonsino Vilhena da Silva (Cidade Salvador) e EMEI Antônio Loureiro Cardoso Comendador (Igarapés).

Caçapava irá vacinar as pessoas de 39 e 38 anos com comorbidades, professores de 47 anos ou mais (1ª e 2ª dose) e pessoas que não tomaram a 2ª dose da Coronavac, e na terça (8), serão vacinadas as pessoas de 37 e 36 anos com comorbidades.

Os postos de vacinação serão os seguintes para as pessoas com comorbidades: Faculdade Santo Antônio (Avenida da Saudade, 26 – Jd. Campo Grande); drive-thru do Shibata (Rodovia João do Amaral Gurgel, 980) e Posto do Supermercado Simpatia (Rua Antônio Guedes Tavares, 700 – Jardim Panorama). Já para os professores e pessoas que precisam da 2ª dose da Coronavac, será montado um posto de vacinação exclusivo na Escola Instituto de Talentos It.

Já em Guaratinguetá a vacinação da COVID-19 nas pessoas com deficiência permanente (BPC) e pacientes de 18 a 29 anos com as seguintes comorbidades: doenças cardíacas, doenças respiratórias graves e diabetes; seguindo o cronograma de vacinação do Governo do Estado de São Paulo.

Para receber a vacina é preciso comprovar a comorbidade por meio de exames, receitas médicas, relatório médico ou prescrição médica. Além disso, é preciso levar um documento de identificação com foto e comprovante de endereço.

Deixe seu comentário


+ SAÚDE








+ Vale do Paraíba