RÁDIO AO VIVO
Programa
ARQUIVO E NOTÍCIA
Ouça tambem:

Câmara arquiva processo de cassação de mandato de vereador que participou de festa clandestina em São Luiz

Compartilhar: FACEBOOK TWITTER WHATSAPP
Foto: Reprodução Prefeitura de São Luiz do Paraitinga

A câmara de São Luiz do Paraitinga votou por arquivar o processo de cassação do mandato do vereador Arildo Junior (PSD), que teria sido flagrado participando de uma festa clandestina em meio à pandemia.

A votação contou com um empate, que permitiu a permanência do vereador na casa. O processo teve início após um morador apresentar um ofício apontando quebra de decoro do parlamentar, por violação ao decreto municipal referente às medidas de contenção da covid-19.

Em seguida, uma CPI (comissão parlamentar de inquérito) foi instaurada para investigar o caso. No documento apresentado ao legislativo, o morador apontou que o vereador aparece em vídeos da festa clandestina que circulam nas redes sociais, de maneira em que ele classificou como de mesmo grau de "despreocupação e irresponsabilidade" dos demais participantes.

Na votação, o vereador disse não compareceu a uma festa, mas que foi a um jantar na casa de amigos. Ele ainda defendeu saber que ainda se encontravam em pandemia, e que não tinha como intenção corroborar na disseminação do vírus. Com a decisão do plenário, ele permanece no cargo.

Deixe seu comentário


+ SOCIAL








+ Vale do Paraíba